Andrew Winning/Reuters
Andrew Winning/Reuters

FA acusa Mourinho de 'conduta imprópria' em derrota para o Aston Villa

Após expulsão de Ramires, treinador invade o campo para protestar contra o árbitro

Agência Estado

19 de março de 2014 | 16h29

LONDRES - Acostumado a polêmicas dentro e fora de campo, o técnico José Mourinho pode ser novamente punido pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA). Nesta quarta-feira, a entidade anunciou que está acusando o treinador do Chelsea de "conduta imprópria", após sua expulsão na derrota por 1 a 0 para o Aston Villa, no sábado, pelo Campeonato Inglês.

Na ocasião, Mourinho se revoltou com a expulsão do brasileiro Ramires e invadiu o campo para cobrar satisfação do árbitro Chris Roy. Pouco antes, quando a partida ainda estava empatada em 0 a 0, outro brasileiro, Willian, já havia sido expulso. O treinador terá até a próxima segunda-feira para responder à acusação.

"Foi alegado que o comportamento do técnico do Chelsea ao retornar ao campo de jogo por volta dos 45 minutos do segundo tempo da partida e se aproximar do árbitro do jogo pode ser classificado como conduta imprópria", informou a FA em comunicado.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolChelseaJosé Mourinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.