Carl Recine/Reuters
Carl Recine/Reuters

FA cancela expulsão por engano aplicada a atleta do Sunderland

Após pênalti cometido por O'Shea, árbitro expulsou Wes Brown

Estadão Conteúdo

02 Março 2015 | 13h21

A confusão criada pela arbitragem da vitória do Manchester United sobre o Sunderland no último sábado, pelo Campeonato Inglês, foi resolvida pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA). A entidade cancelou o cartão vermelho recebido pelo zagueiro do Sunderland Wes Brown no lance do pênalti em Falcao García, cometido na realidade por John O'Shea.

Brown recebeu o cartão vermelho do árbitro Roger East, após uma longa conversa em que o zagueiro tentou se explicar. Horas depois do apito final da partida, a organização dos árbitros do Campeonato Inglês chegou a divulgar nota na qual East seguia afirmando que um suposto contato de Brown teria sido o crucial para que Falcao caísse na área.

O replay, no entanto, comprova que somente John O''Shea cometeu falta. A FA também entendeu desta forma e cancelou o cartão vermelho, revertendo a partida de suspensão automática teria que cumprir. "Uma comissão independente concordou com a alegação de expulsão incorreta em relação a Wes Brown", explicou nota no site da entidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.