Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Fabián Bustos tenta ajustar lateral direita do Santos enquanto aguarda por reforços

Técnico pretende aproveitar período de treinamentos até o início do Brasileirão para tornar equipe mais competitiva

Redação, Estadão Conteúdo

21 de março de 2022 | 21h15

A lateral direita é uma das posições do elenco do Santos que têm sido causa de incertezas para o técnico Fabián Bustos no momento. Emprestado até o fim da temporada pelo Toronto, Auro ainda não conseguiu se adaptar e Madson segue tratando lesão, o que já exigiu que outros atletas fossem improvisados no setor neste início de temporada.

O setor direito da defesa foi motivo de dor de cabeça para Fábio Carille, para o auxiliar Marcelo Fernandes e vem sendo para o argentino Fabián Bustos. Madson começou a temporada como titular na lateral do Santos, iniciou os primeiro oito jogos do ano e se lesionou no clássico contra o São Paulo, há cerca de um mês, ainda sob comando de Carille.

No momento da lesão de Madson, Auro ainda não estava à disposição por causa de um desconforto no púbis e demorou algumas partidas para estrear. A solução escolhida por Marcelo Fernandes para atuar no setor foi Vinícius Balieiro, volante de origem. Em outros momentos, o meia Marcos Guilherme chegou a atuar como lateral direito, inclusive na formação com três zagueiros utilizada por Carille em boa parte de sua passagem pelo Santos.

A preocupação principal com o lateral Auro, de 26 anos, tem sido na parte defensiva. O jogador foi titular nos últimos três jogos, em que o Santos sofreu seis gols, e ainda não tem passado tanta confiança defensivamente. O jogador também tem sofrido com a falta de ritmo e o tempo livre até o Brasileirão poderá ser útil para que o atleta recupere sua melhor forma física. O treinador argentino também seguirá acompanhando de perto a evolução da lesão no músculo adutor esquerdo sofrida por Madson.

O Santos só volta a campo agora na estreia do Campeonato Brasileiro, prevista para o dia 9 de abril e o novo treinador tentará arrumar o problema na lateral até lá. Ao menos na outra lateral, a esquerda, Lucas Pires parece ter ganhado a posição de vez. Após fazer uma boa campanha na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o jogador de 20 anos subiu ao time principal para os primeiros jogos do ano e parece ter conquistado a titularidade absoluta no setor. Felipe Jonatan, lesionado, vinha sendo o titular do time nesta função.

O elenco santista venceu na última rodada, mas não conseguiu a classificação para as fases de mata-mata do Campeonato Paulista. O time ganhou folga no último domingo e nesta segunda-feira e voltará aos treinos nesta terça para iniciar a preparação para o Campeonato Brasileiro.

Bustos comandou o Santos em apenas quatro partidas até agora e conseguiu sua primeira vitória no último sábado contra o Água Santa (com exceção do triunfo nos pênaltis contra o Fluminense-PI pela Copa do Brasil). O treinador já reforçou o discurso do dirigente Edu Dracena e até de alguns jogadores do elenco ao pedir por reforços experientes, que cheguem prontos para vestir a camisa e atuar como titular para diminuir a responsabilidade em cima dos jovens jogadores.

O risco de rebaixamento até as rodadas finais do Campeonato Paulista pelo segundo ano consecutivo, e também recentemente no Campeonato Brasileiro, além da não classificação para as quartas de final do estadual nesta temporada aumentaram ainda mais a pressão por reforços no time alvinegro da baixada santista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.