Eric Gaillard/Reuters
Eric Gaillard/Reuters

Fabinho admite que deve deixar o Monaco ao fim da temporada

Paris Saint-Germain e Atlético de Madrid seriam equipes interessadas no futebol do brasileiro

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2017 | 17h18

Um dos grandes destaques da surpreendente campanha do Monaco em 2016/2017, que terminou com o título do Campeonato Francês e a ida à semifinal da Liga dos Campeões, Fabinho deve deixar o clube ao fim da temporada. Ele mesmo admitiu nesta quarta-feira a possibilidade, apesar de negar que tenha pedido para ser negociado.

+ Neymar volta ao PSG após ida ao Brasil por questões pessoais, mas desfalca time

"Se tudo ocorrer normalmente, será minha última temporada no Monaco. Ainda não tem nada assinado, mas há a palavra do presidente", explicou o jogador de 24 anos, revelado pelo Fluminense e com passagem pelo Real Madrid.

As especulações na imprensa europeia nas últimas semanas deram conta de que Paris Saint-Germain e Atlético de Madrid estariam interessados em Fabinho, apesar da queda de rendimento do brasileiro nesta temporada. O jogador celebrou os clubes aos quais seu nome tem sido vinculado, mas admitiu a necessidade de retomar o bom futebol para brilhar com estas camisas.

"Estamos falando sobre estas possibilidades para o mercado de verão, mas muitas coisas podem acontecer e eu preciso mostrar que tenho nível para jogar em times como estes. Vamos conversar sobre isso em maio. Vinha vendo na imprensa tudo que era falado sobre mim, mas não estou mais vendo nada. Parei de ler. Estou mais tranquilo", afirmou.

O próprio Fabinho elogiou o Monaco e garantiu foco no clube até o fim da temporada. "Estou focado no Monaco. Eu sei que não sou o mesmo Fabinho da temporada passada e é nisso que penso: evoluir, ajudar o time a apresentar um melhor futebol e vencer partidas", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Mônaco [Europa]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.