Molly Darlington/Reuters
Molly Darlington/Reuters

Fabinho, Thiago Alcântara e van Dijk voltam a treinar no Liverpool após isolamento por covid-19

Curtis Jones é outro atleta que retorna aos treinamentos após ficar afastado; os jogadores estão à disposição de Klopp para a partida de terça-feira

Redação, Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2021 | 11h58

O volante brasileiro Fabinho, o zagueiro Virgil van Dijk e os meias Thiago Alcântara e Curtis Jones voltaram a reforçar o Liverpool após um período em isolamento por terem testado positivo para a covid-19. O último a retornar foi o filho do brasileiro Mazinho, campeão mundial na Copa de 1994, no domingo.

"Sim, os garotos que estavam isolados ou tiveram covid-19 estão de volta. Thiago foi o último, ele voltou ontem aos trabalhos, pela primeira vez com o time. Ainda temos um jogador mais jovem e dois funcionários isolados", disse o técnico Jürgen Klopp, nesta segunda-feira.

O quarteto foi desfalque do time inglês nas últimas três partidas: a vitória sobre o Newcastle por 3 a 1, o empate por 2 a 2 com o Tottenham Hotspur, ambos pelo Campeonato Inglês, e o triunfo nos pênaltis sobre o Leicester City, pela Copa da Liga Inglesa.

Os quatro jogadores só não viraram baixa por mais um jogo porque a partida do Liverpool, contra o Leeds, pela rodada do Boxing Day, foi adiada em razão do alto número de casos de covid-19 no adversário. A partida, marcada inicialmente para domingo, ainda não tem data nova para ser disputada.

Klopp não deu detalhes sobre o quarteto, sem informar se apresentaram sintomas ou quadros moderados ou graves da doença. Com Fabinho e Van Dijk possivelmente entre os titulares, o Liverpool volta a campo nesta terça-feira para enfrentar o Leicester City, fora de casa, pelo Inglês.

Vice-líder do campeonato, o Liverpool viu o Manchester City abrir a diferença de seis pontos na primeira colocação (47 a 41), após a goleada sobre o próprio Leicester por 6 a 3, no domingo. A equipe de Klopp tem um jogo a menos na tabela. Se vencer na terça, reduzirá a desvantagem para três pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.