Alex Silva / Estadão Conteúdo
Alex Silva / Estadão Conteúdo

Fábio Carille destaca padrão tático definido para sucesso do Corinthians em 2017

Técnico diz que irá manter convicções em 2018, apesar de quaisquer mudanças que ocorrerem

Daniel Batista e Raphael Ramos, Estadão Conteúdo

16 Novembro 2017 | 01h42

Campeão brasileiro com três rodadas de antecedência, o técnico Fábio Carille destacou nesta quarta-feira o fato de o Corinthians ter tido, durante toda a temporada, uma padrão tático definido. Segundo ele, isso foi determinante para o bom desempenho da equipe e evitou que o time oscilasse muito de rendimento.

+ Carille: aposta que virou um técnico vencedor no Corinthians

+ Baixe o wallpaper do Corinthians heptacampeão brasileiro

"O grande mérito da minha comissão foi ter definido um jeito de jogar o quanto antes. Repetimos muito. Bola parada defensiva e ofensiva. Tudo muito determinado. Esse foi o grande mérito nosso. Definir e padronizar", disse.

Por isso, o treinador espera repetir a receita do sucesso para 2018. Nas férias, ele vai analisar as características dos jogadores que terá à disposição - alguns atletas devem deixar o Parque São Jorge, como o lateral-esquerdo Guilherme Arana - para, já na pré-temporada, começar os trabalhos a partir de um esquema tático.

+ Renascido, Jô vai atrás de feito inédito na história do Corinthians

"Vou seguir minhas convicções. Para o ano que vem, sei que vão ter mudanças, nessas minhas férias vou começar a ver com o elenco que tenho a melhor forma de jogar", disse o treinador corintiano.

Fábio Carille também lembrou do bom desempenho nos clássicos. Em 13 partidas contra São Paulo, Palmeiras e Santos foram sete vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. "Todo mundo começou a olhar diferente para a gente depois do primeiro clássico. A equipe teve personalidade para vencer. Nosso time tem deficiências, mas tem muita personalidade. Para jogar em time grande tem que ter personalidade. Foi uma equipe que se comportou muito bem, principalmente nos jogos grandes", disse.

+ Torcida do Corinthians abraça o time e garante recorde de público no Brasileirão

O treinador ainda fez questão de elogiar o atacante Jô, atual artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro com 18 gols. "Ele é a cara desse grupo, não sou eu. Que cara positivo! Sinto muito orgulho de ter esse grupo trabalhando comigo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.