Divulgação/Al-Ittihad
Divulgação/Al-Ittihad

Fábio Carille substitui Fernando Diniz é será o 4º técnico do Santos em 2021

Após encerrar sua passagem pelo Al-Ittihad, da Árabia Saudita, treinador tem a missão de afastar o clube paulista da zona de rebaixamento do Brasileirão e reverter a desvantagem contra o Athletico-PR na Copa do Brasil

Redação, Estadão Conteúdo

08 de setembro de 2021 | 14h50

O Santos confirmou no início da tarde desta quarta-feira a contratação de Fábio Carille. O contrato ainda não foi assinado, mas o treinador acertou seu vínculo após conversa com o presidente Andres Rueda e o executivo de futebol, André Mazzuco. O acordo tem validade até o fim de 2022. O técnico já estreia contra o Bahia, sábado, às 21 horas, na Vila Belmiro, em duelo da 20ª rodada do Brasileirão.

Carille traz consigo o auxiliar Leandro Silva, o analista Dênis Lupp e o preparador físico Walmir Cruz. Ele assina contrato nesta quinta, às 11h30, na Vila, quando será apresentado à imprensa em entrevista coletiva.

O acerto era iminente, visto que Carille já havia falado como treinador do Santos na terça-feira ao desembarcar em Guarulhos depois de encerrar sua passagem pelo Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Na ocasião, elogiou as recentes contratações feitas pela diretoria e comentou em "fazer um grande trabalho".

Natural de São Paulo, o treinador de 47 anos também foi jogador. Atuou como zagueiro e lateral-esquerdo até 2007. Dois anos depois, ele virou auxiliar técnico, até assumir a carreira em 2017, no Corinthians, sendo campeão brasileiro naquele ano. Ele ainda tem no currículo o tripaulista em 2017, 2018 e 2019. Carille estava no futebol da Arábia Saudita desde fevereiro de 2020.

O ex-treinador do Corinthians será o quarto comandante do Santos num ano repleto de frustrações. Cuca se despediu após perder a final da Libertadores para o Palmeiras e com o término do Brasileirão. O argentino Ariel Holan chegou justamente para reconduzir o time às fases decisivas da competição Sul-Americana. Mas não conseguiu encaixar sua filosofia e pediu demissão após derrota por 2 a 0 no clássico com o Corinthians, na Vila Belmiro.

Fernando Diniz virou o salvador da pátria e assumiu ganhando do Boca Juniors. O sonho em avançar ao menos com o segundo lugar no grupo fez água com resultados ruins fora de casa. Perdeu para The Strongest e Barcelona. Caiu, ainda, na Sul-Americana, e não resistiu aos seis jogos sem vitórias, com três derrotas seguidas.

Carille topou o desafio de livrar o Santos do rebaixamento e disse que não se incomoda em ser o quarto treinador da equipe em 2021. "Aceitei um desafio pior no Ittihad. Nas últimas três temporadas tiveram 11 técnicos. E eu fiquei um ano e sete meses lá. É resultado, sabemos, mas sem medo de encarar. Sei disso desde que escolhi a profissão", explicou ao chegar em Guarulhos.

O quarto treinador do clube no ano terá a missão de reerguer o time no Brasileirão e tentar reverter a desvantagem diante do Athletico-PR na Copa do Brasil. Em crise, o time santista busca reagir na temporada após uma sequência negativa. No Brasileirão, a equipe não vence há cinco jogos e caiu para a 14ª colocação, com 22 pontos, apenas quatro a mais do que o América-MG, primeiro dentro da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.