Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Fábio Carille tenta manter discurso, mas admite jogo especial contra o Palmeiras

Treinador acredita que o rival ficará em situação 'bem difícil' caso seja derrotado no Allianz Parque

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

11 de julho de 2017 | 20h37

Fábio Carille tem o hábito de falar que todas as partidas são importantes para o Corinthians, mas admitiu nesta terça-feira que enfrentar o Palmeiras será um jogo especial. O clássico desta quarta-feira, pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro, será o primeiro dele no estádio Allianz Parque, em São Paulo, como técnico.

"Não tem jeito de ficar tranquilo em um jogo desse. Um jogo desse tamanho não dá para passar despercebido", disse o treinador corintiano, que apesar da ansiedade para enfrentar o rival, repetiu o discurso de que precisa respeitar todos os adversários. "Temos que levar a sério todos os jogos, mas é claro que clássico tem um peso maior. Só que não adianta ganhar todos os clássicos e perder para os considerados pequenos. Não podemos desrespeitar nenhum adversário", ponderou.

Líder do Brasileirão com 32 pontos, o Corinthians tem 13 de vantagem em relação ao Palmeiras na tabela de classificação. Por isso, o treinador acredita que um resultado positivo praticamente tira o rival da luta pelo título nacional. "Fica bem mais difícil, mas tem muita coisa para acontecer. Claro que fica muito mais difícil, pois serão uns seis jogos de diferença para tirar", comentou.

Para encarar o Palmeiras, nada de mistério. Fábio Carille comandou nesta terça-feira um treinamento com seus principais jogadores à disposição. O lateral-direito Fagner levou um pisão no pé esquerdo no treino da última segunda, mas treinou normalmente nesta terça e está confirmado para a partida.

Enquanto a torcida fazia uma grande festa no lado de fora do CT Joaquim Grava, em São Paulo, o treinador e seus comandados participaram de uma atividade tática, o chamado treino fantasma, onde Fábio Carille separa os 11 titulares e faz simulações de possíveis jogadas que podem ocorrer no clássico. A formação treinada e que iniciará o jogo conta com Cássio; Fagner, Pablo, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
Corinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.