Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Ex-companheiro de Cristiano Ronaldo no Real e Portugal se aposenta aos 33 anos e vira pescador

Fábio Coentrão pendurou as chuteiras na última temporada e decidiu trocar as redes dos gols pela da pesca, realizando antigo sonho longe dos gramados

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de janeiro de 2022 | 12h00

O lateral-esquerdo Fábio Coentrão, ex-Real Madrid e seleção portuguesa, decidiu pendurar as chuteiras na última temporada, aos 33 anos, idade na qual alguns julgam ser ainda cedo para abandonar os gramados. No entanto, o gajo teve um motivo especial: decidiu trocar as redes dos gols pela da pesca, paixão pela qual se dedica desde então

Segundo o ex-companheiro de Cristiano Ronaldo, com quem disputou 52 jogos por Portugal, seu primeiro barco foi adquirido enquanto ainda estava em atividade no futebol. Agora, seu sonho é conseguir montar uma frota. 

"A vida no mar não é uma vergonha, como muitos pensam. É um trabalho como qualquer outro. Além disso, o mar é lindo e precisamos dele", disse o ex-jogador ao canal Empower Brands, do YouTube. "Pessoas que amam o mar e querem experimentá-lo precisam seguir seu sonho", concluiu. 

A escolha pela pesca sempre esteve iminente. Oriundo de uma família de entusiastas do mar, Coentrão conta que a vontade de ser pescador é "geracional" e que viu seu sonho ganhar espaço no seu coração conforme foi chegando ao fim de sua carreira nos gramados. 

“Meu pai tinha barco, pescava e sempre ia com ele quando era criança. Minha vida era o mar... o mar e a pesca", conta. "Claro, eu sabia que o futebol um dia iria acabar e que eu deveria tomar um novo rumo na minha vida. E a minha felicidade é este barco e esta é a vida que quero levar", afirma. 

Com mais de 100 jogos pelo Real Madrid, o lateral-esquerdo chegou à equipe merengue em 2011, onde conquistou duas vezes a Ligas dos Campeões e o Campeonato Espanhol, sempre disputando a posição com o braisleiro Marcelo. O atleta disputou as duas últimas temporadas pelo Rio Ave, modesto clube de Portugal onde foi revelado, e também acumula passagens por Monaco, Benfica e Sporting. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.