Fábio Costa critica postura santista

Depois do empate, desta quarta-feira à noite, na Vila Belmiro, por 1 a 1, diante do Juventude, só restou aos jogadores do Santos os lamentos pelo resultado. "Empatamos, mas teve sabor de derrota", disse o centroavante William, autor do gol santista. O goleiro Fábio Costa foi mais contundente. "Não podemos entrar em campo assim, como se o jogo não valesse nada." Para ele, valia muito. "Podemos ter perdido o campeonato hoje, pois esses pontos podem fazer falta no futuro." Os santistas entendem que uma vitória sobre o Internacional, sábado, se tornou obrigatória, mas o técnico Emerson Leão ganhou mais um problema para essa partida: o meia Elano, um dos principais jogadores de seu esquema tático, levou o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Mas Fabiano e André Luís poderão ser escalados, pois já cumpriram suspensão automática. O centroavante William contou que estava muito difícil penetrar na defesa do Juventude. "Eles jogaram muito fechados e isso dificulta muito." Segundo ele, seu time perdeu oportunidades de gol que não poderia ter perdido. E assumiu que pecou em duas finalizações. "Precisamos consertar isso, porque não podemos ficar perdendo esses pontos dentro de casa." Para o lateral-esquerdo Léo, o time entrou muito desanimado no primeiro tempo e melhorou no segundo, "mas já era tarde demais". ?Se tivéssemos jogado sempre como no segundo tempo, teríamos vencido." Depois do empate, ele entende que só um resultado interessa contra o Internacional: "Precisamos vencer de qualquer maneira."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.