Fábio Costa deve voltar em 4 meses

O goleiro Fábio Costa recebeu hoje a boa notícia, dada pelo médico Carlos Braga: poderá voltar a jogar dentro de quatro meses. O atleta deu hoje sua primeira entrevista depois que se contundiu no tornozelo e passou por uma cirurgia e estava ao lado de Manga, um dos maiores goleiros que já passaram pela Vila Belmiro e que foi levar seu apoio a Fábio Costa, retribuindo recente visita feita quando estava internado. Dentro de 20 dias, o goleiro irá retirar o pino colocado em seu tornozelo e iniciará a fisioterapia. "Incomoda ficar parado, mas estou com a cabeça boa, sei que estarei bom logo e que isso faz parte da carreira de jogador; não fui o primeiro e nem serei o último a passar por isso". Por enquanto, passa o tempo jogando vídeo-game, mas espera navegar pela internet a partir da semana que vem. "Não estou podendo baixar a perna ainda, mas logo vai dar". Fábio Costa acha que seu substituto deve ser um jogador experiente. "O time é jovem, tem muita qualidade técnica, mas precisa de um líder dentro de campo". Assim, ficou animado com a possibilidade de contratação de Sérgio, do Palmeiras. "Trabalhei com ele no Vitória e sou um grande admirador dele como jogador e como homem". Foi no Vitória, quando Fábio Costa estava começando a jogar, que recebeu uma ajuda de Sérgio, que jamais esquecerá. Ele relutou em contar o que foi, segurou as lágrimas e lembrou: "meu filho tinha nascido, eu ganhava pouco e não tinha dinheiro para pagar o plano de saúde". Sérgio soube, emprestou o dinheiro e, no dia do pagamento, recusou-se a receber. Para o goleiro santista, "esse tipo de coisa é muito difícil no futebol e 90% dos profissionais são muito egoístas, preocupam-se apenas com o próprio umbigo. Por isso, ele completa: "o Sérgio é mais que um amigo, é como se fosse o meu irmão mais velho".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.