Fábio Costa: Paulistão é bom, mas Libertadores é o principal

Goleiro se diz em sintonia com os torcedores e que trocaria dois títulos estaduais pelo sul-americano

10 de janeiro de 2008 | 12h14

O goleiro Fábio Costa deixou bem claro na manhã desta quinta-feira, após o treino do Santos no CT Rei Pelé, qual é o objetivo do time alvinegro neste primeiro semestre: a Copa Libertadores. O capitão acreditar estar em sintonia com os torcedores."Tenho certeza de que o torcedor trocaria esses dois Paulistas (se o time for bicampeão) pela conquista Libertadores, mas título é título. Jogamos para ganhar sempre e se vencermos o estadual e a Libertadores, o time teria lastro para trabalhar no segundo semestre, tenho certeza de que o sonho dos torcedores é esse", diz o goleiro.Para Fábio Costa, o fato do time ainda não ter conseguido trazer os reforços que espera. "O Santos acabou se atrasando pela troca de treinador e começou a se mexer quando outras equipes já estavam contratando. A gente tem de ter consciência de que o clube tem dificuldades e quando conseguir trazer os jogadores, teremos um bom time".Se há um bom motivo até o momento para o goleiro é a presença de Betão, novo reforço. "Conheço o caráter do Betão [jogaram juntos no Corinthians], vai ser um cara muito importante aqui. Ele é inteligente, fala bem, vai ser bom na formação do grupo. E tem qualidade técnica para ajudar o time a vencer."

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCFábio CostaPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.