Fábio Costa pode ser o novo capitão

Depois do inferno astral proporcionado pelo argentino Daniel Passarella, o goleiro Fábio Costa pode comemorar o ambiente tranqüilo no Corinthians. Após ter ficado afastado do time por quase um mês, fará neste sábado em Brasília, contra o Brasiliense, sua terceira partida consecutiva da sua "nova fase" e poderá assumir, a partir do próximo jogo, o posto de capitão. O zagueiro Anderson, atual dono da braçadeira, faz contra o Brasiliense seu último jogo no time - está indo para o Benfica, de Portugal - e deixou claro que faria gosto de ver a faixa do braço do goleiro. Fábio Costa ficou satisfeito com a gentileza, mas prefere não se envolver em polêmicas . "Agradeço ao Anderson, o meu melhor amigo dentro do grupo, mas ser capitão não é uma coisa que me envaidece", explicou. "Prefiro ficar um pouco afastado da escolha. Só de estar jogando está bom." O técnico Márcio Bittencourt preferiu não dar pistas de quem será o homem. "Tenho isso mais ou menos definido, só que enquanto o Anderson estiver aqui, ele será o meu capitão." O zagueiro Betão também é candidato forte. Enquanto isso, Fábio Costa vêm se preocupando com problemas mais urgentes, como se manter no time. Com contrato até o fim do ano, pretende "viver um dia de cada vez". Mas é inegável que a reintegração ao grupo, promovida por Bittencourt, tirou um peso das costas do atleta. Tanto que, no recreativo de hoje, até marcou gol de voleio - bela prova de descontração no time que, há pouco tempo, não conseguia controlar os nervos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.