Fábio Costa promete mudar

O ano de 2001 foi um desastre para Fábio Costa: brigas em campo, inclusive com alguns companheiros de clube, expulsões, suspensões e multas. Só não foi pior graças à negligência do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que o absolveu no julgamento da cusparada que deu no atacante Sinval, no jogo entre Guarani e Santos pelo Campeonato Brasileiro.Nas férias, o goleiro do Santos fez um balanço de sua vida profissional, concluiu que estava andando para trás e, aos 24 anos, tomou a decisão de mudar radicalmente para voltar a ter chance de ser um dos três goleiros da Seleção Brasileira na Copa do Mundo.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.