Fábio diz que boa fase é fruto da confiança no Palmeiras

Goleiro é fundamental no triunfo sobre o Vitória

Daniel Batista, Agência Estado

18 Maio 2014 | 21h17

SÃO PAULO - Ao final do jogo deste domingo em Salvador, onde o Palmeiras derrotou o Vitória por 1 a 0, os holofotes estavam todos em cima de Fábio. O resultado positivo foi conquistado em muito por causa da boa atuação do goleiro, que a cada jogo ganha mais espaço e deixa claro para a diretoria que não é preciso contratar um substituto para Fernando Prass, que se recupera de cirurgia no cotovelo.

"O cargo de goleiro é de confiança e a postura dos meus companheiros mostram que eles confiam em mim. Isso me incentiva e me dá alegria para trabalhar", disse o goleiro, que sempre faz questão de dividir o mérito com o time. "Estamos todos de parabéns pela vitória. Não adiantaria nada eu ter defendido lá atrás se o Marquinhos não acertasse aquele belo chute", completou.

Embora seja adversário de Bruno na disputa pelo gol, o goleiro de 23 anos assegura que ele e o ex-técnico da equipe, Gilson Kleina, são importantes nesse seu crescimento na carreira. "O Bruno é um cara que me ajuda muito e sempre me dá conselhos. O tenho como um irmão e tenho que agradecer também ao Kleina, que me deu oportunidade contra o Paysandu (na Série B do ano passado), e daquele jogo para cá amadureci muito", contou.

Em relação ao novo treinador, a diretoria aguarda por uma resposta de Ricardo Gareca para avançar nas negociações. Ele também conversa com o Racing, da Argentina. Dorival Júnior fica no aguardo de um novo contato. Nas arquibancadas, torcedores de Palmeiras e Vitória entraram em confronto.

Mais conteúdo sobre:
futebolBrasileirãoPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.