Denilton Dias/Divulgação
Denilton Dias/Divulgação

Fábio diz que Cruzeiro não sentirá pressão por vitória na Libertadores

Time celeste precisa vencer o Defensor na quinta-feira para manter chances de avançar às oitavas

AE, Agência Estado

18 de março de 2014 | 14h45

BELO HORIZONTE - Apenas em terceiro lugar no Grupo 5 da Copa Libertadores, o Cruzeiro precisará vencer o Defensor na próxima quinta-feira, no Mineirão, para não ficar com chances apenas remotas de avançar às oitavas de final. O goleiro Fábio garante, porém, que a pressão pela necessidade de triunfar não assustará o time, prometendo que o time saberá se impor diante do oponente uruguaio.

"As dificuldades tendem a valorizar o empenho pelas vitórias. O momento agora é de pensar no jogo contra o Defensor, precisamos vencer. Sabemos da qualidade do grupo e que podemos fazer um belo jogo na quinta-feira, com o apoio do torcedor. A equipe está preparada para mais essa responsabilidade", comentou.

Para conseguir o resultado positivo, Fábio espera que o Mineirão esteja lotado pelos torcedores do Cruzeiro. "Quanto mais torcedores no Mineirão, melhor. A equipe está super acostumada a jogar com este incentivo. É confronto direto, nossa possibilidade de conseguir a vitória em casa. Teremos a possibilidade de conseguir resultado positivo, que vai nos favorecer na busca pela classificação", disse.

O Cruzeiro somou apenas três pontos nas três primeiras rodadas do Grupo 5 da Libertadores e está com três a menos que o próprio Defensor e a Universidad de Chile, que ocupam as duas primeiras colocações da chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.