Bruno Haddad / Cruzeiro
Bruno Haddad / Cruzeiro

Fábio espera retribuir torcida com vaga na semifinal da Libertadores

Equipe mineira precisa reverter o placar de 2 a 0 contra o Boca Juniors

Estadão Conteúdo

02 Outubro 2018 | 22h42

A torcida do Cruzeiro promete lotar o Mineirão, nesta quinta-feira, no jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores contra o Boca Juniors. Com 796 jogos pelo time mineiro, o goleiro Fábio quer retribuir o carinho e a confiança que virá das arquibancadas com a vaga na semifinal.

"Desde o fim da partida na Argentina, a gente criou bastante expectativa para o jogo da volta. Os torcedores bastante motivados, como sempre. Esperamos, dentro de campo, fazer com que a expectativa se concretize e a gente possa alcançar nossa classificação", disse o jogador, de 38 anos, que irá disputar sua 83ª partida pela principal competição sul-americana de clubes.

A derrota, por 2 a 0, em La Bombonera, em Buenos Aires, não tira o entusiasmo do experiente goleiro. "Respeitamos o Boca pela tradição, pela história vitoriosa. Eles têm boa vantagem, mas, dentro do Mineirão, podemos inverter isso aí junto com o nosso torcedor. Mas, não são com palavras que vamos alcançar nossos objetivos, e sim com atitude."

Se devolver o placar de 2 a 0, o Cruzeiro leva a decisão da vaga para os pênaltis. Em caso de qualquer outra vitória por dois gols de diferença, o classificado será o Boca. Uma vitória por três gols garante o time mineiro na próxima fase.

Se passar pelo Boca, o Cruzeiro encara o vencedor da série entre Palmeiras e Colo-Colo, que disputam o jogo de volta nesta quarta-feira, no Allianz Parque. No primeiro duelo, no Chile, o time de Felipão venceu por 2 a 0.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.