Fábio Jr. chega ao Palmeiras amanhã

Os dirigentes do Palmeiras apresentam nesta segunda-feira o colombiano Muñoz e o mineiro Fábio Júnior como reforços para a Copa Libertadores da América. Os dois atacantes chegam no momento em que Marco Aurélio consegue se salvar no comando do time, depois do empate de 2 a 2 (5 a 4 nos pênaltis) com o Rio Branco, sábado, em Americana. Amanhã, o técnico também pode ter Euller se Luiz Zveiter, presidente STJD, der parecer favorável ao clube paulista na disputa jurídica com o Vasco.Fábio Júnior, 23 anos, vem por empréstimo da Roma. Assinou contrato até dezembro e seu passe está avaliado em US$ 10 milhões. Ainda não foram revelados os valores dos salários do jogador e da transação entre os clubes paulista e italiano. "Jogar no Palmeiras era um sonho antigo do Fábio", disse Adelson Duarte, procurador do atacante, que aguardava até sábado um fax da Roma liberando o artilheiro.A apresentação de Muñoz e Fábio Júnior será às 15 horas, na Academia de Futebol (CT do Palmeiras). O colombiano de 23 anos, faz 24 quarta-feira, está em São Paulo desde sexta-feira, quando fez exames médicos. Ele foi o artilheiro da Copa Merconorte com seis gols, defendendo o Nacional de Medellin. Muñoz tem 1,69m, é atacante de velocidade, no estilo Euller, e joga na seleção colombiana desde os 17 anos.Disputa - Enquanto exibem os novos reforços, os dirigentes do Palmeiras torcem por uma vitória do advogado José Mauro Couto, nesta segunda-feira, às 18 horas, no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Couto entrou com uma ação cautelar para impedir que o Vasco inscreva Euller na Libertadores. "O Euller tem contrato assinado com o Palmeiras até o final de agosto e não poderia jogar pelo Vasco", diz Couto.As chances de o clube paulista ter um parecer favorável no tribunal são poucas. Luiz Zveiter, presidente do STJD, deve dar vitória ao Vasco com base no Departamento de Registro da CBF que atesta Euller como atleta do clube carioca.A decisão de entrar no STJD para ter o atacante é justificável. Afinal, o Palmeiras tem apenas 15 dias para definir a lista dos 25 jogadores que serão inscritos na Libertadores da América. A corrida contra o tempo inclui as contratações de dois laterais, um direito e um esquerdo.Na direita, Arce é o nome mais forte. O paraguaio negocia os salários diretamente com o presidente Mustafá Contursi. Na esquerda, apesar de Felipe, do Vasco, se oferecer para jogar no time de Marco Aurélio, Rubens Júnior está bem cotado. Dispensado pelo Porto, de Portugal, por se desgastar nas noitadas, o lateral revelado no Palmeiras acerta o seu retorno ao Parque Antártica.Quem está esfregando as mãos de felicidade com o pacote de reforços é Marco Aurélio. Ele estava ameaçado de perder o emprego até sábado. O empate em Americana o salvou. Com fôlego novo, o treinador disse que a equipe voltou a vibrar como em 2000. "O mais importante no jogo com o Rio Branco foi a volta daquela ?pegada? do ano passado. Houve união, alegria. O caminho está aberto outra vez. As coisas vão melhorar, tenho certeza."A próxima partida do Palmeiras será contra a Ponte Preta, sábado, em Campinas. Claudecir, expulso sábado, terá de cumprir dois jogos de suspensão pela segunda expulsão. Nesses casos, o regulamento do Campeonato Paulista prevê dois jogos de "gancho". O volante retorna ao time apenas na estréia na Libertadores, dia 8 de março, contra a Universidad do Chile. Daniel, com contratura muscular, e Gilmar, com o segundo cartão amarelo, estão fora do jogo de sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.