Fábio Júnior e Daniel brigam no treino

O clima esquentou na Academia de Futebol do Palmeiras nesta sexta-feira. Durante o treino, o lateral-direito Daniel acertou um chute e um tapa na cabeça do atacante Fábio Júnior, que não gostou e partiu para o revide. A situação só não ficou pior porque o meia Alex correu para o meio dos dois e conseguiu separá-los.Daniel não quis comentar o fato, disse que era apenas uma brincadeira, mas Fábio Júnior preferiu confessar e dizer a verdade. "Foi uma discussão de treino, coisa normal do futebol, mas já conversamos e nos entendemos", explicou o atacante. O técnico Celso Roth preferiu minimizar o fato e não deu muita importância. "Foi uma discussão normal, sem exagero. Existem coisas mais importantes", disse o treinador.Alex, que acabou com a briga, usou de bom humor para explicar a situação. "Estava torcendo para que ninguém visse. Mas deu cinco segundos de bobeira e foi o que todos viram", afirmou o meia palmeirense. "É com esse espírito que vamos para o La Bombonera", garantiu o jogador, tentando reverter o clima no elenco.Outra novidade desagradável para os palmeirenses foi o resultado do exame feito na coxa esquerda do atacante Tuta. O jogador está com uma contratura muscular e por isso, não poderá atuar mais nesta Copa Libertadores da América. Segundo o médico Rubens Sampaio, ele ficará pelo menos três semanas fora dos gramados.Festa - Uns brigam, outros festejam. O aniversário do meia Lopes, que completou 22 anos nesta sexta-feira, foi bastante comemorado pelos companheiros. Embora não tenha atuado bem contra o Cruzeiro, o jogador está confirmado no time que enfrenta o Boca Juniors, na quinta-feira, em Buenos Aires.

Agencia Estado,

01 de junho de 2001 | 19h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.