Fábio lamenta chances desperdiçadas pelo Cruzeiro

O goleiro Fábio atribuiu a goleada sofrida pelo Cruzeiro, na noite de sábado, à queda de rendimento do time no segundo tempo da partida com o Santos, na Arena Barueri. Para o jogador, a equipe mineira desperdiçou muitas chances no ataque e acabou dando espaço para o rival crescer em campo.

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2010 | 10h02

"Começamos muito bem, tivemos chances, pecamos e achamos que íamos comandar o jogo no segundo tempo também. Levamos um gol e, a partir daí, a equipe desandou, mesmo com um jogador a mais", avaliou Fábio, se referindo à expulsão de Zé Eduardo nos primeiros minutos da etapa final.

"A gente poderia ter jogado melhor. Infelizmente o nosso segundo tempo foi muito precário, o Santos aproveitou e fez um grande jogo no segundo tempo. Temos que dar parabéns aos jogadores deles também", completou.

O zagueiro Cláudio Caçapa, que voltou ao time neste sábado, também culpou a fraca atuação no segundo tempo pela goleada. "Não merecíamos esse placar. Não entendi nosso comportamento no segundo tempo. Fizemos um péssimo segundo tempo. Agora é ter tranquilidade, temos dois jogos em casa e talvez essa derrota nos sirva de lição", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.