Fábio pede esforço da torcida do Cruzeiro nesta terça

O goleiro Fábio espera que a torcida do Cruzeiro consiga superar as dificuldades que o horário atípico - 17h30 - do jogo com a Universidad de Chile impõe e lote o Mineirão nesta terça-feira, no primeiro jogo do time como mandante no Grupo 5 da Copa Libertadores, ajudando a equipe a se recuperar da derrota para o Real Garcilaso na estreia no torneio.

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2014 | 15h05

"O peso da torcida é fundamental, os jogadores com certeza ficam mais motivados quando são incentivados pelos torcedores. Muitos trabalham e infelizmente isso vai prejudicar um pouco o público, é nítido. Um horário que dificulta o deslocamento do nosso torcedor, mas, mesmo assim, temos certeza de que a nossa torcida estará lá no Mineirão novamente em grande número", disse.

Ídolo cruzeirense, Fábio prometeu que os jogadores do Cruzeiro vão retribuir com bom futebol o esforço da torcida para ir ao estádio. "O torcedor faz de tudo, passa por qualquer obstáculo, para poder incentivar e acompanhar principalmente a Libertadores e a gente, dentro de campo, vai retribuir com o máximo de empenho possível para conseguir a vitória", completou.

Fábio também avaliou as dificuldades que o Cruzeiro deverá encontrar para conquistar sua primeira vitória na Libertadores. "Enfrentaremos uma equipe que disputará todas as bolas, um jogo muito complicado. Será um jogo difícil, uma decisão para conquistar três pontos. Eles têm uma equipe equilibrada e a gente sabe que terá de se esforçar muito para vencer", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresCruzeiroFábio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.