Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Fábio pede evolução do Cruzeiro no Brasileirão: 'A gente precisa da vitória'

A última vitória do Cruzeiro no Brasileirão foi na terceira rodada - 2 a 1 sobre o Goiás

Redação, Estadão Conteúdo

14 de julho de 2019 | 19h02

Depois de encantar a torcida na volta depois da paralisação do torneios de clubes em função da Copa América com a vitória sobre o Atlético-MG, por 3 a 0, pelas quartas de final da Copa do Brasil, o Cruzeiro encarou a dura realidade do Campeonato Brasileiro e chegou ao sétimo jogo sem triunfos no torneio ao ficar no 0 a 0 contra o Botafogo, neste domingo, no Mineirão.

Questionado se o time teria entrado na "zona de conforto" após sair na frente do confronto da Copa do Brasil, Fábio pediu atuações melhores da equipe jogando dentro de casa.

"Tem que lutar mais ainda para que a gente consiga a vitória dentro do Mineirão. Não tem que deixar a equipe adversária pensar muito, ficar com posse de bola, a gente tem que pressionar porque a gente precisa das vitórias, precisa pontuar para que depois, lá na frente, a gente tenha mais tranquilidade", comentou o capitão cruzeirense, que fez boas defesas e ainda evitou a derrota.

Um dos destaques na vitória sobre o Atlético-MG, o atacante Pedro Rocha teve partida apagada e apontou a falta de capricho no ataque como responsável pelo empate. "A gente sabia das características do Botafogo. Eles vieram mais fechados, tentamos imprimir nosso ritmo, mas não conseguimos acertar o último passe. Foi um jogo bom, a gente não conseguiu caprichar no último passe. Agora é virar a chave novamente, trabalhar na semana para conseguir a classificação na Copa do Brasil", acrescentou o atacante, que deixou o gramado com dores na coxa. Apesar do desgaste, ele garantiu estar bem.

A última vitória do Cruzeiro no Brasileirão foi na terceira rodada - 2 a 1 sobre o Goiás. Desde então, foram quatro derrotas e três empates, que colocaram o clube perto da zona de rebaixamento com nove pontos.

No meio de semana, o Cruzeiro faz o jogo de volta contra o Atlético-MG, pelas quartas de final da Copa do Brasil, na quarta, às 19h15, no Independência. Pelo Brasileirão, o próximo adversário será o Bahia, no sábado, às 17 horas, em Salvador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.