Fábio Rochemback aproveita a boa fase

O volante Fábio Rochemback é o único jogador da seleção Sub-23 que conta com uma torcida particular em Concepción, no Chile, para a disputa do Pré-Olímpico. Seus pais (Juarez e Tânia) e seu irmão, Christian, chegaram junto com ele na tarde de terça-feira e vão acompanhar as partidas do Brasil. A família do jogador do Sporting está hospedada no hotel Diego de Almagro, o mais luxuoso da cidade e que abriga a seleção chilena.Em boa fase no Sporting - tem seis gols no Campeonato Português e divide a artilharia do time com o ex-corintiano Liedson -, Rochemback faz planos para ficar em Lisboa, tanto que acaba de comprar uma casa na capital portuguesa. Ele está emprestado pelo Barcelona até o final desta temporada e o clube português tem a intenção de contratá-lo.Em Portugal, o ex-jogador do Inter tornou-se ídolo da torcida e conseguiu um prestígio que não tinha na Espanha, onde recebia muitas críticas por ser considerado violento. Ele tem mais liberdade para atacar e está sabendo tirar proveito disso para fazer os seus golzinhos, que eram escassos nos tempos de Barcelona.O último deles foi marcado domingo, na vitória por 3 a 1 sobre o Benfica, fora de casa. Ele abriu o placar logo aos oito minutos, mas foi expulso aos 42 - de maneira injusta, segundo a imprensa portuguesa.Na seleção Sub-23, Rochemback também está em alta. Ele teria sido titular no jogo de estréia, nesta quarta-feira à noite, contra a Venezuela, se a comissão técnica não tivesse sido obrigada a liberá-lo para disputar o clássico de domingo passado em Lisboa - contar com ele nessa partida foi a condição que o Sporting impôs para deixá-lo jogar o Pré-Olímpico. Além disso, o técnico Ricardo Gomes gosta muito do seu estilo.Ricardo Gomes destaca a sua força na marcação, mas também elogia a qualidade com que entrega a bola e a capacidade de chutar de fora da área, uma arma muito apreciada pela comissão técnica da seleção Sub-23. "Esse menino parece que já nasceu com apetite. Isso é ótimo, porque ele vai ser muito importante para nós aqui no Pré-Olímpico", disse o treinador na terça à noite, ao comentar a disposição mostrada por Rochemback, que havia chegado no início da tarde e participado de todo o treino tático, ao invés de fazer uma atividade mais leve para descansar.

Agencia Estado,

07 de janeiro de 2004 | 19h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.