Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Fábio Santos admite que ansiedade atrapalhou Corinthians na inauguração

Lateral-esquerdo reconhece que o time jogou pressionado contra o Figueirense

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2014 | 13h20

SÃO PAULO - Um dos jogadores mais experientes do elenco do Corinthians, o lateral-esquerdo Fábio Santos admitiu nesta segunda-feira que a ansiedade em atuar pela primeira vez na Arena Corinthians atrapalhou a equipe diante do Figueirense, domingo, pela 5.ª rodada do Campeonato Brasileiro, e que isso foi determinante para a derrota por 1 a 0.

“A ansiede atrapalhou um pouco. A gente quis acelarar o jogo em momentos que não deveríamos acelerar. Mas também precisamos valorizar a atuação do Figueirense. Eles se defenderam o tempo todo, e muito bem. Aproveitaram a chance que tiveram e acabaram fazendo o gol. A pressão estava toda em cima da gente”, disse Fábio Santos.

O lateral também reconheceu que o time não jogou bem e, por isso, frustou o torcedor. O público foi de 36.123 pagantes e os ingressos estavam esgotados desde terça-feira. “Todo mundo criou uma expectativa muito grande, principalmente o torcedor, que estava no direito dele de fazer festa porque esperou tanto tempo para ter o seu estádio e fez uma festa bonita. Infelizmente as coisas não aconteceram como nós gostaríamos. Foi uma derrota inesperada e frustou bastante o torcedor”, disse.

Nesta quarta-feira, a Fifa assumirá a administração da Arena Corinthians – o estádio receberá seis jogos da Copa do Mundo, incluindo a abertura, no dia 12 de junho, entre Brasil e Croácia. O Corinthians só voltará a atuar em seu estádio em julho, provavelmente no dia 16, contra o Internacional.

Para Fábio Santos, os jogadores ainda precisam se adaptar ao local. “Vamos ter de treinar mais vezes e jogar mais vezes para nos acostumar”, afirmou. Com a chuva de domingo e o campo molhado, o jogo ficou mais rápido. Segundo Mano Menezes, alguns erros de passes da equipe aconteceram porque os jogadores não estavam acostumados com a velocidade da bola. O Corinthians volta a campo na quarta-feira, quando enfrenta o Atlético-PR, no Canindé.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.