Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Fábio Santos celebra 'noite mágica', mas cobra mais opções no ataque corintiano

Camisa 26 alvinegro crava que a atual temporada é a melhor de sua carreira e já soma cinco gols

Redação, Estadão Conteúdo

24 de julho de 2022 | 21h24

O lateral-esquerdo Fábio Santos foi o grande nome da vitória do Corinthians sobre o Atlético-MG por 2 a 1, de virada, neste domingo. O veterano marcou os dois gols do time paulista e comandou o triunfo que deixou os corintianos na vice-liderança da tabela do Brasileirão.

Ao fim da partida, o lateral celebrou a boa fase vivida no Corinthians. O jogador de 37 anos diz viver a melhor temporada de sua carreira. Acostumado a auxiliar a defesa, ele também colabora no ataque agora. Foram cinco gols em 24 partidas na atual temporada.

"Tenho vivido uma grande temporada, dê um tempo para cá fiquei ainda mais profissional. Estou muito satisfeito pela minha temporada, não só por mim, mas pela temporada e pelo grupo. Foi uma noite mágica, que vai ficar marcada na minha carreira", afirmou o lateral ao canal Premiere.

Ele também exaltou a poderosa reação corintiana, que marcou dois gols em apenas sete minutos, no segundo tempo, para buscar a virada. Mas cobrou mais opções no ataque da equipe. "A gente tem um time muito competitivo, precisamos machucar mais o adversário e ter mais alternativas do meio para frente. Estamos competindo bem, a equipe sabe jogar jogos grandes e isso é importante para a sequência que teremos."

A noite de glória de Fábio Santos terminou com um pouco de sangue. Ele sofreu um choque com o atacante Hulk e foi atingido no nariz. Em tom de brincadeira, ele minimizou o problema ao citar o companheiro de time Adson.

"Por enquanto estou bem, vamos ver se colocando no lugar não vai piorar. Me falaram que estou com a cara do Adson, e ficar com a cara do Adson é ruim", disse o veterano, entre risos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.