Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Fábio Santos defende Sylvinho no Corinthians e revela 'grupo fechado' com técnico

Alguns jogadores acham exageradas as cobranças da torcida e de alguns conselheiros pedindo a demissão do treinador

Redação, Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2021 | 15h27

Os jogadores do Corinthians acham exageradas as cobranças da torcida e de alguns conselheiros pedindo a demissão de Sylvinho. O experiente lateral-esquerdo Fábio Santos, um dos líderes do elenco, saiu em defesa do trabalho do treinador nesta sexta-feira e, assim como Renato Augusto, também vê enorme futuro para o comandante, em sua visão, diferenciado. Aproveitou para revelar que o elenco está "fechado" com o técnico.

"É difícil falar porque achamos tudo isso (forte pressão) muito estranho. Vem de fora para dentro, aqui nosso ambiente é leve", afirmou Fábio Santos. "O Sylvinho é um cara que tem trabalhado bastante, tem se dedicado, se entrega de corpo e alma ao trabalho", seguiu. "Só está começando a carreira de treinador, ainda vai apanhar muito, mas com o tempo ele vai ser um dos principais treinadores porque se preparou para isso. Tomara que a torcida aceite isso e ele possa crescer dentro do clube", fez apelo.

Paciência virou um mantra no Corinthians. Os jogadores sempre frisam a evolução dentro do Brasileirão e pedem calma na hora de avaliar somente um resultado.

"Acreditamos no trabalho do Sylvinho, ele vem buscando alternativas, não temos como falar que não, faz dois ou dois meses e pouco que chegaram esses jogadores (referindo-se aos reforços). Antes disso a gente fazia um campeonato onde todos diziam que iríamos brigar lá embaixo. Com a chegada dos reforços, a equipe cresceu".

O lateral ressalta o empenho do treinador no clube para rebater os críticos. "Vemos ele de uma maneira muito tranquila, é um cara que se joga no trabalho, não temos o que reclamar, não temos o que falar. Estamos fechados com ele. Na minha opinião e na opinião de todos os jogadores, o trabalho do Sylvinho tem sido muito bem feito", ressaltou Fábio Santos.

E explicou o motivo para os altos e baixos. "Temos buscado o entrosamento, estamos jogando, temos feito os testes. Geralmente, eles são feitos em uma pré-temporada, quando se têm os amistosos, mas temos que fazer esses testes contra São Paulo, Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG..."

Domingo o Corinthians visita o Internacional e Fábio Santos fala em busca de um grande resultado em Porto Alegre pelo resgate da harmonia. "Espero que a gente possa trazer o torcedor para o nosso lado."

Nesta sexta-feira, Sylvinho fez treinos com o time separado. Num lado aprimorou jogadas ofensivas, com meias e atacantes, do outro ajustou a defesa. Fagner está de volta na lateral e Xavier e Raul Gustavo disputam a posição de João Victor, suspenso. A definição do time acontece neste sábado, antes do embarque para Porto Alegre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.