Fábio Santos deve deixar o São Caetano.

Bem ao estilo de sua administração ao longo dos anos, o São Caetano está se livrando do volante Fábio Santos. Apesar da não confirmação por parte da diretoria, o jogador está sendo negociado com o Nacional da Ilha da Madeira, de Portugal, por valores não revelados. O técnico Muricy Ramalho não o escalou na vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio atendendo pedido da direção do clube. Da mesma maneira como contrata sem fazer alarde, o time do ABC também negocia seus jogadores sem estardalhaço. Caso recente é do lateral-esquerdo Zé Carlos, liberado para o Corinthians. Ele não vinha se comportando bem fora de campo, nunca atingindo o mesmo ritmo físicos dos companheiros. Na primeira oportunidade, ele foi liberado. Fábio Santos ganhou destaque negativo na imprensa após brigar com a mulher uma semana antes da conquista do inédito título paulista. Ele continuou no elenco, mas sem a mesma confiança da diretoria, comissão técnica e dos próprios companheiros. Fábio Santos sempre teve um comportamento considerado "fora dos padrões" fora de campo. Parece que agora chegou a vez dele ser descartado. Enquanto aguarda uma decisão sobre o caso, Muricy ganhou tempo para acertar o time para o jogo diante do Coritiba, dia 13, na capital do Paraná. Três desfalques são certos: o lateral-direito Anderson Lima, suspenso com três cartões amarelos, o lateral-esquerdo Triguinho e o zagueiro Gustavo, expulsos em Porto Alegre. O São Caetano tem 14 pontos e ocupa a quinta posição na tabela, mas tem um jogo a menos que seus concorrentes diretos. O jogo adiado com o Juventude, por causa da Taça Libertadores da América, será realizado dia 20 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.