Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Fábio Santos e Geuvânio ficam fora e Cazares deve ser titular no Atlético-MG

Equipe mineira enfrenta o Flamengo neste sábado, no Independência, pelo Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

17 de maio de 2019 | 21h28

O Atlético Mineiro terá dois desfalques no duelo com o Flamengo, sábado, no Independência, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O lateral-esquerdo Fábio Santos e o atacante Geuvânio estão com problemas físicos e não serão aproveitados pelo técnico interino Rodrigo Santana.

Emboras os exames não tenham detectado lesão, Fábio Santos está com um incômodo na coxa esquerda, problema que o tirou de campo logo nos minutos iniciais do empate por 0 a 0 com Santos, quarta-feira, no Independência. Ele fez 14 jogos seguidos, está com sinais de fadiga e será poupado por orientação do departamento de fisiologia. E como aconteceu naquele confronto da Copa do Brasil, a sua vaga vai ser ocupada por Patric.

Também por orientação da preparação física e da fisiologia, Geuvânio também não enfrentará o Flamengo, se dedicando a trabalhos de recuperação física. Em compensação, o setor ofensivo poderá contar com Luan, que sofreu entorse no tornozelo direito no duelo com o Santos, mas está recuperado.

"A gente viu como saiu o Fábio e como saiu o Luan. Acredito que não vamos conseguir ter o Fabio para o jogo de amanhã e, possivelmente, vamos utilizar o Patric. O Luan, foi uma entorse. Ele passou o dia de ontem inteiro em tratamento e, hoje, deve passar também. Acredito que a gente tem a possibilidade de utilizar o Luan. Ele está com muita vontade de jogar, vamos aguardar a recuperação dele, mas tem grande chance de jogar", comentou Rodrigo Santana.

A ausência de Geuvânio abrirá espaço para a volta de Cazares ao Atlético-MG como titular. O equatoriano não inicia um jogo desde o primeiro duelo da decisão do Campeonato Mineiro, sendo visto como uma esperança de melhorar a produção ofensiva.

"O Cazares a gente conhece, esse toque refinado. É um jogador que está completamente pronto, principalmente para clássicos, jogos decisivos e jogos grandes. A gente sabe a qualidade dele e a importância que ele tem para o grupo e, para amanhã, tem grandes possibilidades. De repente, podemos tê-lo até durante os 90 minutos. Depende de como ele estará e de como vamos conseguir recuperar alguns jogadores, mas a tendência é que o Cazares jogue", disse o treinador interino.

Com isso, o Atlético-MG deve encarar o Flamengo com a seguinte formação: Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Patric; Zé Welison; Cazares, Elias, Luan e Chará; Ricardo Oliveira.

Tudo o que sabemos sobre:
Atlético Mineirofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.