Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Fábio Santos exime jovem goleiro de culpa e lamenta derrota do Atlético-MG

'Agora passou, faz parte, tem que dar apoio para ele', diz o capitão da equipe mineira após revés contra o Corinthians

Redação, Estadão Conteúdo

01 de setembro de 2019 | 22h03

Um dos jogadores mais experientes do elenco do Atlético-MG, o lateral-esquerdo e capitão Fábio Santos saiu em defesa do jovem goleiro Cleiton, que falhou na derrota para o Corinthians por 1 a 0, neste domingo, na Arena Corinthians, em São Paulo, pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No final da partida, o goleiro teve contribuição direta na vitória corintiana. Isto porque ele cobrou tiro de meta nos pés de Matheus Vital, que rolou para Gustavo em velocidade finalizar sem chances. "Faz parte. Acho que ele fez um bom jogo, salvou a gente em alguns lances, então vai servir de aprendizado. Agora passou, faz parte, tem que dar apoio para ele", comentou o lateral-esquerdo.

Alçado ao time titular após uma tendinite no joelho de Victor, Cleiton tem sido um dos destaques do Atlético-MG, tanto é que foi convocado para a seleção brasileira sub-23, que vai disputar dois amistosos contra Colômbia e Chile nos próximos dias.

Além de apoiar o goleiro, Fábio Santos também lamentou o resultado e disse que o Atlético-MG merecia um resultado melhor contra o Corinthians. "A gente sabe que jogar aqui (em Itaquera) é complicado. O Corinthians joga com a última linha recuada, sofre poucos gols e a gente sabia que seria um jogo de poucas chances. Mesmo assim, criamos oportunidades. No meu modo de ver, o empate seria mais justo", encerrou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.