Fábio Santos minimiza sufoco no Grêmio

O torcedor gremista sofreu muito mais do que imaginava para conseguir a classificação para as semifinais da Copa Libertadores. O time avançou com um empate sem gols com o Caracas e, apesar do sufoco, o lateral-esquerdo Fábio Santos minimizou os problemas enfrentados pela equipe na quarta-feira.

AE, Agencia Estado

18 de junho de 2009 | 18h14

"É claro que nós queríamos que fosse menos sofrido, mas a Libertadores é assim. Tivemos chances, mas não conseguimos converter. Foi importante para a equipe ganhar mais consistência para as próximas fases e deixar todos no grupo felizes pela classificação", afirmou.

Fábio Santos prometeu que vai acompanhar o jogo entre São Paulo e Cruzeiro, que definirá o próximo adversário do Grêmio. "Se eu não fosse adversário, já não iria perder esse jogo de hoje, imagina pegando um desses dois times na semifinal. Vamos assistir de uma maneira diferente, analisando como será o nosso próximo adversário", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.