Bruno Cantini / Atlético-MG
Bruno Cantini / Atlético-MG

Fábio Santos vê 'empate justo' e revela meta do Atlético: 'Chegar aos 45 pontos'

Equipe precisa de nove pontos nos últimos oito jogos para alcançar margem segura contra o rebaixamento

Redação, Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2019 | 20h37

O campeonato do Atlético Mineiro agora é contra o rebaixamento. Ao menos foi o que Fábio Santos revelou após empate por 2 a 2 diante do Fortaleza, na Arena Castelão, neste sábado. O time alvinegro ficou duas vezes atrás do placar, mas conseguiu buscar a igualdade mesmo com um jogador a menos, na capital cearense.

"Tem que ser valorizada a entrega de todos. Quem começa, quem entra depois. A gente está bem focado em chegar aos 45 pontos, que é a nossa realidade no campeonato. O empate foi um resultado justo. Esse empate vai nos dar muita força para a sequência no Campeonato", afirmou o experiente lateral.

Fábio Santos afirmou que não deixa se abater com as críticas pelo desempenho ruim do Atlético nos últimos jogos. "Venho procurando fazer meu trabalho. Já estou há três anos e meio no clube. É natural o jogador ser criticado, mas temos que dar a resposta dentro de campo. Precisamos pensar no Atlético. Tomara que esse ponto nos de um respiro dentro do campeonato", declarou.

Já o zagueiro Igor Rabello pediu mais atenção às bolas aéreas. "Nas bolas paradas, tem que ter atenção. A gente corre muito. A gente está dando gol para as equipes adversárias. No primeiro pau, principalmente, estamos tomando gol. Temos que conversar para acertar isso", completou.

O meia Marquinhos, por sua vez, não viu o empate como bom resultado para o Atlético. Ele deu assistência para o gol de Fábio Santos. "Fico feliz de ter entrado bem na partida, mas não estou feliz com o resultado. Poderia ter saído com os três pontos aqui. Treinar, porque tem o Goiás pela frente", finalizou.

Com o resultado deste sábado, o Atlético ficou com 36 pontos, ainda flertando com a zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.