Fabregas diz que não foi ao Barça para aposentar Xavi

Cesc Fabregas tem 24 anos - sete a menos do que Xavi. Ambos têm função similar em campo: auxiliam na marcação e dão muita criatividade ao meio-campo. E, apesar do ex-jogador do Arsenal já ter sido apontado como o "herdeiro" de seu companheiro de seleção espanhola, ele garantiu nesta sexta-feira que não chegou ao Barcelona "para aposentar Xavi".

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2011 | 10h37

"Creio que Xavi ainda tem muitos anos pela frente. E não cheguei aqui para aposentar Xavi", assegurou Fabregas, reserva do meio-campo da seleção espanhola. "Cheguei aqui para jogar com Xavi, para competir com Xavi e para ganhar com Xavi".

Além de Xavi, Fabregas contou que também não pretende rivalizar com Iniesta ou com o brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcântara, que ganhou destaque nos últimos meses atuando pelo meio-campo. "E igual ao que te disse sobre Xavi, digo de Andrés (Iniesta) e de Thiago. Todos no daremos bem, sei que daremos. Com o grupo que temos faremos grandes coisas", acrescentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBarcelonaFabregasXavi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.