Fabregas escapa de acusação por conduta imprópria

O espanhol Cesc Fabregas, capitão do Arsenal, escapou nesta sexta-feira da acusação de ter cuspido em um auxiliar-técnico do Hull City, em partida da Copa da Inglaterra, disputada em março.

AE-AP, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 16h58

A Associação de Futebol da Inglaterra afirmou que a segunda acusação de conduta imprópria contra o meio-campista foram desconsideradas por "falta de provas". Fabregas, que não participou da vitória por 2 a 1, no dia 17 de março, era acusado de ter cuspido em Brian Horton.

O duelo, pelas quartas de final da Copa da Inglaterra, teve um final controverso. O Hull City abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo, Van Persie empatou aos 29 minutos da etapa final, e o gol da vitória do Arsenal foi marcado William Gallas, aos 39 minutos, em impedimento.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolArsenalCesc Fabregas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.