Fabregas vai desfalcar Arsenal por quatro meses

Cesc Fabregas, capitão do Arsenal, deve ficar aproximadamente quatro meses afastado dos gramados por conta de uma lesão no joelho direito. O técnico Arsène Wenger explicou nesta terça-feira que o meio-campista espanhol sofreu uma ruptura no ligamento medial do joelho. "Ele vai ficar de fora por três ou quatro meses, mais provavelmente quatro meses", afirmou. Com isso, já é certo que Fabregas ficará de fora das partidas entre Arsenal e Roma, nos dias 24 de fevereiro e 11 de março, pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões. Wenger garantiu que o Arsenal tem soluções internas para repor a ausência de Fabregas, mas deu a entender que o clube poderá contratar jogadores em janeiro, quando a janela de transferências será reaberta. "Teremos de arranjar uma maneira de compensar sua ausência". Fabregas se lesionou durante o empate por 1 a 1 entre Liverpool e Arsenal, domingo, pelo Campeonato Inglês. Ele se machucou em disputa de bola com Xabi Alonso. Wenger avaliou que a contusão foi acidental, isentando o jogador espanhol de qualquer culpa. "É o tipo de lesão que você tem de aceitar, porque pode acontecer em qualquer jogo. Eu não acredito que havia intenção de machucá-lo, foi puramente acidental", analisou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.