Luis Pires/Vipcomm
Luis Pires/Vipcomm

Fabrício prega silêncio e trabalho para São Paulo reagir

Time não vence uma partida desde o dia 29 de maio, quando goleou o Vasco por 5 a 1

AE, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 16h13

SÃO PAULO - O volante Fabrício reconheceu nesta quinta-feira que o São Paulo precisa reconquistar o apoio do seu torcedor. Em crise, o time não vence uma partida desde o dia 29 de maio, quando goleou o Vasco por 5 a 1, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, antes de acumular nove jogos consecutivos sem vitórias, sendo que foi derrotado em sete destes confrontos. Para superar o momento difícil, Fabrício pregou trabalho e silêncio para os companheiros de clube.

"Nesse momento difícil, temos que treinar duro e reconquistar a confiança da torcida. Até mesmo com as palavras devemos tomar cuidado, porque algumas coisas podem ser interpretadas de maneira errada ou maldosa. Por isso, vamos nos concentrar apenas nos trabalhos dentro de campo e fazer de tudo para vencer novamente no campeonato", disse.

O São Paulo tentará reagir no próximo sábado contra um time conhecido de Fabrício. A equipe vai encarar o Cruzeiro, clube que o volante defendeu entre 2008 e 2011. Com o time mineiro em quarto lugar no Campeonato Brasileiro, Fabrício aposta em uma partida difícil no Morumbi para o 14º colocado.

"O Cruzeiro é um time que se reforçou bastante e vem bem no Campeonato Brasileiro. Eles estão nas primeiras colocações e será mais um jogo difícil no campeonato. O time deles está forte e segue crescendo a cada rodada", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.