Fabrício sai e Leandro estréia na Lusa

Se ainda existia alguma dúvida quanto a reestréia do atacante Leandro Amaral na Portuguesa na partida contra o CRB, na próxima sexta-feira, ela foi encerrada nesta segunda-feira. Além de seu nome ter finalmente saído no BID (Boletim Informativo Diário), o clube anunciou a rescisão contratual de Fabrício, antigo titular da posição, que assinou por um ano com um time coreano.No Brasileiro da Série B, Fabrício marcou apenas um gol, mas vinha sendo mantido como titular desde a estréia. Jogador e clube entraram em acordo e o contrato foi quebrado. Oliveira, que marcou duas vezes neste Brasileiro, deve formar a dupla com Leandro , quarto maior artilheiro da história da Lusa, com 104 gols marcados com a camisa rubro-verde."Estava muito ansioso, não via a hora de voltar a jogar, principalmente em um clube que é quase minha casa. Agora que estou liberado, só penso no jogo", garantiu o centroavante, que estava há um mês e meio apenas treinando no Canindé, sem perspectiva de estréia, já que o Istres, da França, seu antigo clube, não lhe dava a autorização. Mesmo com a saída de Fabrício, o técnico Giba, não faria mistério acerca sua escalação. "Ele já vinha treinando muito bem", garantiu.Nesta segunda-feira na parte da tarde o elenco se reapresentou e realizou um treino tático. A ausência foi do jovem meia Celsinho, que mais uma vez foi convocado para a Seleção Sub-17, para um torneio em Canoas, preparativo para o Mundial da categoria. Nada, porém, tira o bom astral do Canindé, afinal de contas, desde a primeira rodada a Lusa ocupa a zona de classificação. O time fechou a 11.ª rodada em terceiro lugar isolado, com 20 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.