Fadiga volta a jogar após operar coração

O atacante Khalilou Fadiga - do Bolton, da Inglaterra, e da Seleção do Senegal - voltou em grande estilo ao futebol depois de sofrer uma operação cardíaca em outubro deste ano. Na noite desta terça-feira, ele foi o autor do gol da vitória de 1 a 0 sua equipe sobre o Manchester City, em partida válida pelo Campeonato Inglês da 1ª Divisão. No dia 27 de outubro, Fadiga submeteu-se a um procedimento cirúrgico para a colocação de um desfibrilador automático. ?Foi incrível. Estou muito feliz por poder voltar a jogar. Consegui ganhar a confiança de meus médicos e de meus companheiros e foi fantástico participar desta partida?, disse ele, que atuou os 90 minutos do jogo.A operação aconteceu alguns dias depois de passar mal durante a preparação para a partida contra o Tottenham pela Copa da Liga Inglesa, na última semana de outubro. O desfibrilador evita a morte súbita nos casos de graves alterações no ritmo cardíaco.O senegalês, de 29 años, se transferiu em julho de 2003 de Auxerre (França) para a Inter de Milão (ITA), onde os médicos identificaram o seu problema cardíaco. Em maio de 2004 ele foi submetido a uma primeira operação e em setembro, se transferiu para o Bolton.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.