Rodrigo Coca/ Agência Corinthians
Rodrigo Coca/ Agência Corinthians

Fagner celebra estreia no Brasileirão, mas diz: 'As dores seguirão por um tempo'

Lateral retorna ao time após ausência de 11 partidas por causa de uma lesão no tornozelo direito

Redação, Estadão Conteúdo

18 de junho de 2022 | 22h50

Ele não sabe se será titular contra o Goiás neste domingo, mas após 11 jogos de ausência por causa de uma grave entorse no tornozelo direito, o lateral Fagner está novamente relacionado para um jogo do Corinthians. Será sua estreia no Brasileirão, após ser poupado nas primeiras rodadas para os duelos da Libertadores, e o camisa 23 pede um pouco de paciência pois terá de aprender a conviver com as dores.

"Todo processo de recuperação é delicado. Nunca havia passado por um processo como esse, uma lesão delicada. Foram dias difíceis, a gente não gosta, quer estar jogando, ajudando de alguma forma. A gente tem de ter cabeça fria, pois tenta fazer as coisas, mas é algo clínico e não consegue se livrar das dores do dia para a noite, requer tempo", enfatiza o lateral, sem esconder a ansiedade por voltar a atuar.

Ele se machucou no começo de maio, em confronto com o Deportivo Cali, da Colômbia, na Neo Química Arena. "Queria estar de volta logo na semana seguinte que eu machuquei, mas foi algo delicado, que demandou todo esse tempo", explica.

"Com o passar dos dias fui melhorando, já estou há uma semana e pouco treinando com o grupo, adquirindo confiança, que pela situação da lesão incomodava em muitos aspectos", diz. Mas enfatiza que ainda terá de conviver com o problema. É preciso um pouco de calma ainda, não achar que está tudo muito bom, ainda tem uns cuidados", prega Fagner. "Aos pouquinhos vai voltando ao normal. A dor vai me seguir por um tempo, mas é suportável, que você vai administrando."

Vítor Pereira sempre lamentou a ausência do experiente Fagner em campo, mesmo com o time indo bem na sua ausência. O lateral-direito está de volta e não quer mais saber de ser desfalque. "É ruim ver do lado de fora e não poder ajudar. Importante voltar para ajudar de alguma forma."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.