Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Fagner e Uendel se ajudaram para voltar a jogar pelo Corinthians

Jogadores destacam a importância de terem se tratado juntos

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 Novembro 2015 | 07h04

Fagner e Uendel têm muito mais em comum do que jogadores no Corinthians. Ambos sofreram lesões musculares em datas próximas e praticamente passaram todo o tratamento juntos, algo que eles admitem que ajudaram na reabilitação. Agora, só querem estar 100% para poderem enfrentar o Vasco, quinta-feira, em São Januário.

"É complicado ficar fora por lesão. Tivemos lesões graves e ficamos quase 50 dias fora. Queremos estar junto e ajudar o Corinthians. Foi bom um dar força para o outro e seria muito ruim passar o que passamos se estivéssemos sozinhos. Felizes de voltar em um momento decisivo", disse Uendel, que teve um edema na coxa esquerda na partida contra o Internacional, dia 16 de setembro.

Fagner sofreu um edema na coxa direita no jogo com o Figueirense, dia 27 de setembro. “Estar machucado já te deixa triste. Então tentei focar na recuperação e o quanto antes eu estivesse de volta seria melhor. Tudo tem seu tempo e maneira de acontecer”, comentou.

Durante esse período, Edilson e Guilherme Arana se firmaram nas laterais e fizeram com que a ausência dos titulares quase não fossem sentidas. Entretanto, a tendência é que Fagner e Uendel retornem ao time no jogo que pode assegurar o título do Corinthians no Campeonato Brasileiro. A equipe soma 76 pontos e tem 11 pontos de vantagem sobre o Atlético-MG.

Mais conteúdo sobre:
Corinthians Futebol Brasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.