Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Fagner elogia atuação e diz que Corinthians tem mostrado empenho para reagir

Após empatar com o Grêmio com dois a menos em campo, lateral afirma que time até merecia vencer

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2020 | 22h57

O lateral-direito Fagner, do Corinthians, elogiou neste domingo a atuação do time no empate sem gols diante do Grêmio, dentro de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Pela equipe alvinegra ter segurado o placar de 0 a 0 com dois jogadores a menos em campo, o jogador garantiu que a atuação foi uma prova do quanto o elenco está empenhado em fazer o clube ganhar posições na tabela.

"O principal é que estamos tentando de todas as formas. O campeonato está muito equilibrado, tudo muito igual. Detalhes que acabam resolvendo. Tem que ressaltar o que a equipe fez hoje, conseguimos o empate com dois a menos e tivemos a chance do jogo", disse ao canal SporTV. E a chance mais clara da partida foi do próprio Fagner. Em um contra-ataque, ele chutou a gol e Vanderlei salvou.

O Corinthians perdeu no primeiro tempo o zagueiro Marllon expulso e depois, já na etapa final, foi a vez de Otero receber o vermelho. Apesar da desvantagem numérica, a equipe alvinegra não sofreu tanto na defesa. O Grêmio pressionou pouco. O bom posicionamento da defesa corintiana ajudou a garantir o resultado diante de um adversário que vinha de oito vitórias seguidas na temporada.

Por isso, Fagner citou essa partida contra o Grêmio e a vitória diante do Inter (31 de outubro) como exemplos do potencial do clube. "A gente bateu de frente com equipes em bom momento. O Inter era o líder do campeonato naquela época. Hoje com dois a menos, foi difícil. Com a menos já é complicado. Tem que ressaltar a entrega e doação de todo mundo", comentou o jogador.

Dois pontos acima da zona de rebaixamento, o Corinthians tem na próxima quarta-feira um compromisso diante de um adversário que está em posição complicada no Brasileirão. O Coritiba, 18ª colocado, receberá o clube alvinegro no Couto Pereira, às 21h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.