Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Fagner ignora críticas e festeja mais uma convocação para a seleção

Lateral do Corinthians foi lembrado por Tite na primeira convocação pós-Copa do Mundo

Paulo Favero, Estadão Conteúdo

17 Agosto 2018 | 18h34

Convocado novamente para a seleção brasileira, o lateral-direito Fagner, do Corinthians, não se incomoda com as críticas ao seu futebol e prefere enaltecer a valorização que o técnico Tite vem dando ao seu futebol. O jogador esteve na Copa do Mundo na Rússia e, logo na primeira lista da seleção, foi chamado novamente.

"Não tenho que tentar responder aos críticos ou argumentar, a melhor forma de fazer isso é trabalhando. É isso que eu faço aqui no Corinthians e foi isso que fiz na Copa. Vou continuar trabalhando do mesmo jeito e buscando sempre evoluir. Foi tudo isso que me credenciou para disputar uma Copa e continuar sendo chamado", disse.

O jogador mostrou bastante alegria por receber mais um chamado de Tite. "É um momento de alegria retornar à seleção. Depende das circunstâncias ser chamado, mas é motivo de orgulho poder representar meu país. Estou feliz por voltar e ter dado continuidade ao trabalho aqui no clube. Se não fossem meus companheiros no Corinthians, me dando suporte, não conseguiria."

Por causa da convocação, ele deve perder três partidas pelo clube: contra Ceará e Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, e contra o Flamengo, na semifinal da Copa do Brasil. "É difícil desfalcar o time, a gente sabe, mas é assim há algum tempo. Não pensei em quais jogos poderia perder, estou pensando só no jogo de amanhã, contra o Grêmio, e me preparando para isso", comentou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.