Divulgação
Divulgação

Fagner: 'Se a convocação acontecer, vou corresponder'

Lateral-direito do Corinthians agrade a 'campanha' do técnico Tite

O Estado de S.Paulo

17 de março de 2016 | 19h34

Após a partida contra o Cerro Porteño pela Libertadores, Tite foi sincero ao responder a pergunta de um jornalista: "Fagner é jogador de seleção", afirmou. Nesta quinta-feira, o lateral-direito agradeceu os comentários do técnico. "Fico feliz e lisonjeado com o elogio do Tite", disse o atleta do Corinthians. "Sempre digo que estou preparado para estar aqui no Corinthians. Mas se isso de a convocação acontecer, aí sim vou me preparar para ir bem e corresponder. Desde já fico feliz, o trabalho continua".

Formado nas categorias de base do Corinthians, Fagner retornou ao clube em 2014, quando o técnico era Mano Menezes. Com a chegada de Tite o futebol do lateral-direito cresceu. Ele citou o trabalho do treinador e do seus auxiliares, que o ajudaram a aprimorar o posicionamento e sua atuação no sistema defensivo.

"É importante saber dosar e ver o momento certa de avançar e não dar espaços atrás. Hoje eu entendo muito bem esse processo e consigo fazer as duas coisas", afirmou o jogador em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. "De acordo com o adversário e com a situação de cada jogo, o Tite passa o que quer e isso faz parte do processo de formação do nosso time."

Para o jogo deste sábado, contra o Linense, pelo Campeonato Paulista, o técnico Tite deve poupar alguns titulares, entre eles Fagner, por causa do desgaste do jogo quarta-feira contra o Cerro Porteño. O Corinthians é o líder do Grupo D com 20 pontos e tem classificação à próxima fase bem encaminhada.

 

  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.