Falcao admite má fase no Manchester United e pede sequência de jogos

Radamel Falcao García mantém a esperança de superar o momento ruim que atravessa no Manchester United, ou sabe que precisará buscar um outro clube ao término da temporada 2014/2015. O colombiano foi cedido por empréstimo pelo Monaco até o fim da temporada, com uma opção de compra por 55 milhões de euros, mas ainda não se destacou no futebol inglês.

Estadão Conteúdo

24 Março 2015 | 16h13

Ele ainda não conseguiu repetir o nível de atuações que teve antes de sofrer a grave lesão que o impediu de disputar a Copa do Mundo pela Colômbia. "Depois desse tipo de lesões como a que sofri, o único que se necessita é jogar, ter continuidade, é o que estou buscando", declarou.

Longe de brilhar, Falcao não conseguiu convencer o técnico do Manchester United, Louis van Gaal, a adquiri-lo em definitivo. Além disso, chegou a ser relegado ao time Sub-21 do Manchester United. "Se fala muito, prefiro me abster sobre tudo que se especula, tenho que estar tranquilo, estou bem. Não posso me preocupar muito, ou não estarei preparado para a oportunidade".

Nos últimos seis meses, Falcao jogou 22 partidas, sendo apenas quatro completas, com quatro gols marcados. E ele admitiu que a situação o incomoda. "Quando terminar o campeonato certamente me sentarei, farei uma análise e decidirei o que é mais conveniente".

Falcao está no Bahrein, onde vai defender a seleção da Colômbia em amistoso contra a seleção local nesta quinta-feira. Depois, em 30 de março, a equipe sul-americana vai encarar o Kuwait em Dubai.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.