Falcão deverá promover mudanças no Inter para decisão

Com duas derrotas em sequência, na Copa Libertadores e na final do Campeonato Gaúcho, o técnico Paulo Roberto Falcão deverá fazer mudanças no time do Internacional para o segundo jogo da decisão, domingo, no Olímpico.

AE, Agência Estado

09 de maio de 2011 | 18h23

Por conta da eliminação na Libertadores, o treinador terá pela primeira vez uma semana inteira para trabalhar o time, desde que chegou ao clube. Serão seis turnos de atividade até o segundo jogo da final. Falcão deverá dar atenção especial às finalizações e às linhas de impedimento, muito criticadas por ele após a derrota no Gre-Nal de domingo.

No time, a novidade deverá ser o volante Guiñazu, que ficou de fora da primeira partida por conta de suspensão. No domingo, ele foi substituído por Tinga, que desfalcará o time desta vez também por suspensão. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no Beira-Rio.

Com a derrota por 3 a 2, em casa, o Inter precisará vencer por dois gols de diferença ou por apenas um, a partir do placar de 4 a 3, para ficar com o título estadual.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInternacionalGuiñazu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.