Christian Hartmann / Reuters
Christian Hartmann / Reuters

Falcao García critica atuação de árbitro após queda da Colômbia: 'Vergonha'

Capitão colombiano também aponta erro em colocar juiz dos Estados Unidos em jogo da Inglaterra

Estadão Conteúdo

04 Julho 2018 | 05h38

Capitão e um dos jogadores mais experientes da seleção colombiana, o atacante Falcao García não escondeu sua revolta com a atuação do árbitro Mark Geiger na derrota para a Inglaterra, nos pênaltis, nas oitavas de final da Copa do Mundo. O jogador de 32 anos classificou como "vergonhoso" o que viu em campo na última terça-feira, em Moscou.

+ Pékerman critica simulações de jogadores ingleses: 'Tem muita confusão'

+ Desolado, Mina chora muito com eliminação da Colômbia na Copa

+ Imprensa da Colômbia e até Maradona atacam árbitro após queda na Copa: 'Roubo'

"Diante da dúvida, ele (Geiger) apitou tudo para a Inglaterra. É uma vergonha que isso aconteça nas oitavas de final. O árbitro nos incomodou muito, nas divididas deu tudo a favor da Inglaterra. Isso vai te condicionando. Mas para a Colômbia, não apitou com o mesmo critério", considerou.

Os colombianos reclamaram bastante do lance que gerou o gol da Inglaterra, no pênalti marcado diante de um suposto empurrão de Carlos Sánchez sobre Harry Kane. Além disso, criticaram a decisão do árbitro de mandar voltar uma cobrança de lateral da equipe, que a deixaria em ótimas condições, e a postura dos ingleses, que teriam simulado muitas faltas.

 

Falcao questionou a atuação do juiz e a Fifa, por ter colocado um árbitro norte-americano para apitar uma partida da Inglaterra. "Me pareceu particular colocarem um árbitro norte-americano. Na verdade, deixa muitas dúvidas. Ele só falava inglês, havia certa parcialidade, estou seguro. Através de pequenas faltas, ia nos encurralando na defesa. Foi claro."

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.