Julio Muñoz/EFE
Julio Muñoz/EFE

Falcao García quer domínio da Colômbia no meio para vencer Polônia

Seleção colombiana espera se recuperar depois de estrear com derrota na Copa do Mundo para o Japão

Estadão Conteúdo

22 Junho 2018 | 19h50

Controlar as ações do meio de campo e muita atenção aos detalhes. Para o atacante Radamel Falcao García, essa é a fórmula para a Colômbia vencer a Polônia neste domingo, às 15 horas (de Brasília), em Kazan, pelo Grupo H da Copa do Mundo. As duas equipes perderam na estreia e buscam sobreviver no Mundial da Rússia.

+ Sob pressão após derrota, Polônia teme eliminação diante da Colômbia

+ Polícia detém camisas da seleção colombiana contaminadas com cocaína

+ Justiça investiga ameaças de morte a colombiano expulso em estreia da Copa

O experiente jogador do Monaco afirmou que os colombianos já estudaram os poloneses: adiantou que há dúvida para a formação da dupla de zaga e pregou cuidado redobrado com o centroavante Robert Lewandowski.

"Sabemos de algumas situações que eles estão passando e sabemos que eles estão esperando por Glik (zagueiro que se recupera de lesão no ombro) e que (sem o jogador) eles tiveram que mudar a linha defensiva no último jogo contra o Senegal. Sabemos também que Lewandowski é um artilheiro que pode concluir as chances que lhe são criadas dentro da área. Portanto, devemos manter o controle do meio-campo e, acima de tudo, ter muito cuidado em todos os detalhes", analisou Falcao García, de 32 anos.

A Colômbia treinou nesta sexta-feira e acertou os últimos detalhes para o confronto diante dos europeus. Pela manhã, os jogadores fizeram atividades na academia. À tarde, foram para o campo com o técnico argentino José Pékerman. Neste sábado, haverá reconhecimento do gramado da Arena Kazan e entrevista coletiva do treinador.

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.