Lindsey Parnaby/EFE
Lindsey Parnaby/EFE

Falcao marca na volta, mas United tropeça e se distancia da ponta

Equipe vermelha fica apenas no 1 a 1 com o Aston Villa fora de casa e fica com 32 pontos, sete atrás do Chelsea e do Manchester City

Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2014 | 15h17

O Manchester United não soube se aproveitar da vantagem numérica e tropeçou no Aston Villa neste sábado, pela 17ª rodada do Campeonato Inglês. Mesmo com um jogador a mais durante a maior parte do segundo tempo, após a expulsão de Agbonlahor, o time de Louis van Gaal ficou apenas no 1 a 1 na casa do adversário. Benteke marcou o primeiro, mas Falcao García selou o empate.

O resultado distanciou o Manchester dos líderes do Campeonato Inglês. A equipe chegou aos 32 pontos, ainda na terceira colocação, mas agora sete atrás do Manchester City e do Chelsea, que ainda atua na rodada. Sexta-feira, o compromisso será diante do Newcastle, em Old Trafford. Já o Aston Villa chegou a 20 pontos, em 12.º, e pega o Swansea fora de casa, também na sexta.

O Aston Villa marcou o primeiro da partida aos 17 minutos, quando Benteke aproveitou cobrança de falta, dominou com estilo e finalizou no canto direito de De Gea para marcar um belo gol. No segundo tempo, Falcao aproveitou cruzamento da esquerda e marcou somente seu segundo gol pelo Manchester.

Aos 19 minutos, o árbitro considerou que a falta dura de Agbonlahor sobre Ashley Young era passível de expulsão e mostrou o vermelho para o atacante do Aston Villa. O Manchester até teve bons momentos, como com Falcao, novamente de cabeça, no fim, mas os donos da casa se seguraram e garantiram o empate.

Para piorar o dia para o time de Manchester, o West Ham derrotou o lanterna Leicester City por 2 a 0 e subiu para 31 pontos, em quarto, agora apenas um atrás do United. Andy Carroll, no primeiro tempo, e Downing, na etapa final, definiram o triunfo do time londrino, que segue em grande fase na temporada.

Logo atrás do West Ham, em quinto, com 29 pontos, está o Southampton, que também venceu neste sábado. Em casa, a equipe derrotou o Everton por 3 a 0 e viu o adversário parar nos 21 pontos, apenas na décima colocação. Lukaku, contra, Graziano Pellè e Yoshida marcaram os gols do tranquilo triunfo.

Outro que venceu e briga pelas primeiras colocações da tabela foi o Tottenham, que chegou a 27 pontos, em sexto, ao passar pelo Burnley por 2 a 1, em casa. Sem Paulinho, a equipe londrina saiu na frente com Kane, sofreu o empate de Barnes, mas ainda no primeiro tempo buscou o triunfo com o gol de Lamela.

Nos outros jogos deste sábado pelo Inglês, destaque para o Queens Park Rangers, que derrotou o West Bromwich por 3 a 2, em casa, de virada, com três gols de Charlie Austin, e deixou a zona de rebaixamento. Já o Hull City caiu por 1 a 0 diante do Swansea, mesmo em casa, e segue nas últimas posições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.