Falta motivação a Atlético e Cruzeiro

Já classificados para a próxima fase do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG, líder entre os 12 participantes, com 20 pontos, e o Cruzeiro, terceiro colocado, com 17, enfrentam equipes do interior neste sábado à tarde sem muita motivação. A falta de estímulo se deve ao fato de que a liderança da primeira etapa do Estadual não trará qualquer benefício na fase seguinte, na qual oito times se dividem em dois grupos de quatro, sendo que os campeões de cada um farão a final.Mesmo assim, o Atlético não poupa ninguém contra o Democrata de Governador Valadares às 16h, no estádio Independência, em Belo Horizonte. O técnico Abel Braga, que busca reabilitação depois da derrota de 2 a 0 para o tambem líder Mamoré, no último fim de semana, só não poderá contar com o zagueiro Luiz Carlos e com o meia Romeu, suspensos. Em compensação, terá a volta do goleiro Velloso, que ficou no banco no jogo da seleção brasileira contra a equatoriana, quarta-feira, e dos atacantes Guilherme e Marques.No Cruzeiro, que pega o Uberlândia na cidade do Triângulo Mineiro, também às 16h, o técnico Luiz Felipe Scolari decidiu escalar um misto, guardando os principais titulares para os jogos de terça-feira e sexta-feira da próxima semana pela Libertadores da América - contra o Emelec, do Equador, no Mineirão, e o Olímpia, no Paraguai . Cris, Ricardinho, Oséas, Sorín, Jorge Wagner, Cléber e Jackson não atuam, embora o time também venha de derrota, por 1 a 0 para o Rio Branco, no sábado passado. A novidade deve ser a volta de Müller, que ressurge depois de quase dois meses afastado por contusão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.