Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

'Faltam dois jogos para o Flamengo vencer tudo', diz Jorge Jesus

Técnico lembra que conquista da Taça Rio faz com que único título pendente para ele no comando da equipe seja a Copa do Brasil

Redação, Estadão Conteúdo

02 de julho de 2020 | 07h11

Campeão da Taça Guanabara, o Flamengo já abriu contagem regressiva para conquistar a Taça Rio e ser declarado campeão carioca de 2020. Após a vitória diante do Boavista por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, o técnico Jorge Jesus não titubeou e, com a franqueza de sempre, mostrou o quão 'fominha' é o treinador.

"Faltam dois jogos para ganharmos tudo aqui no Brasil, com exceção da Copa (do Brasil). Implantamos muito esse espírito no Flamengo. Temos como DNA uma equipe compacta, agressiva que vem dando resultado", declarou o treinador à Fla TV, canal do Flamengo no YouTube, que transmitiu a partida.

Com o triunfo, o Flamengo terminou a primeira fase da Taça Rio, com 15 pontos, sete na frente do Botafogo, o segundo colocado. Já classificado para a semifinal, o time rubro-negro aguarda agora seu adversário. Se vencer o duelo na semi e também a decisão da Taça Rio, que é o segundo turno do Carioca, o Fla será declarado campeão estadual, por já ter vencido o primeiro turno, a Taça Guanabara.

Jorge Jesus também analisou o desempenho da equipe contra o Boavista. "É uma exigência nossa querer a perfeição. Como líder, tenho que insistir sempre nessa questão. Se tivermos vencendo por dois, vamos querer fazer três. De três, vamos querer quatro. Poderia ter saído mais gols. Jogamos praticamente os 90 minutos no campo do adversário. Todo mundo acabou querendo fazer o gol e ele não saiu", comentou o técnico.

Em comparação com o duelo contra o Bangu, o primeiro após a parada por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, Jesus não notou uma melhora significativa do seu time. "A equipe manteve o nível. Contra o Bangu, o Flamengo jogou muito bem taticamente. Hoje foi assim por 60 minutos. O Boavista praticamente não saiu da zona defensiva. Mas esse é o estilo de jogo do Flamengo. Não importa se é o Barcelona ou outra equipe, o Flamengo vai jogar para cima", finalizou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoJorge Jesus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.