Fanáticos fundam ?Igreja Maradoniana?

Torcedores apaixonados pelo futebol de Maradona resolveram radicalizar e transformaram a paixão pelo ex-jogador em religião. Um grupo de fanáticos torcedores da cidade argentina de Rosário anunciou a fundação da ?Igreja Maradoniana?. Para comemorar os 42 anos do ex-jogador, completados na terça-feira, cerca de 400 torcedores se juntaram numa espécide de comemoração antecipada de natal e fizeram a apresentação oficial da igreja. Chamada também de ?A Mão de Deus? - uma alusão ao gol de mão marcado contra a seleção da Inglaterra na Copa de 86 - a congregação vai ter um templo, calendário específico e, segundo os fundadores, terá como único objetivo ?a devoção? ao ex-jogador. A data de nascimento de Maradona - 30 de outubro - foi definida como o dia da ?Natividade?. A Ingreja Maradoniana terá um calendário próprio e passa a valer a partir de 1960 - ano de nascimento do ex-craque. Tudo o que aconteceu antes disso, será identificado como ?AD? (Antes de Diego). Tudo o que vier depois, será qualificado como ?DD? (Depois de Diego).A festa de lançamento da nova igreja ocorreu no Paso Sport de Rosari e contou com cerca de 400 torcedores. Eles montaram uma árvore de natal, enfeitada com bolas coloridas, nas quais luziam o rosto de Maradona. Vestidos de sacerdotes, os jornalistas Alejandro Verón e Hernán Amez conduziram a cerimônia. "Quem disser que no dia 30 de outubro não nasceu o Deus do futebol estará mentindo descaradamente?, disse Amez na abertura da celebração, que contou ainda com temas musicais alusivos a Maradona, compostos Fito Páez e os Ratones Paranoicos. Para seguir a tradição das igrejas cristãs, a ?Maradoniana? terá uma bíblia. Nada mais que o livro ?Eu sou o Diego do povo?, uma biografia do ex-jogador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.